Dori Alimentos registra recorde de resultados em 2021

Em comparação a 2020, a empresa apresentou R$1,3 bi de receita bruta (+27%), e R$ 131,9 milhões de EBITDA (+24%)

Fonte: Food Innovation

O ano de 2021 foi de excelentes resultados para a Dori Alimentos, apesar dos efeitos adversos da pandemia sobre o pequeno varejo e a cadeia global de suprimentos. Com recorde de R$ 1,3 bilhões de receita bruta, a companhia teve crescimento de 27% com relação ao ano anterior. Além disso, o EBITDA — sigla em inglês para Lucros antes de Juros, Impostos, Depreciação e Amortização — também foi recorde, atingindo R$ 131,9 milhões, 24% maior do que o registrado em 2020.


Os resultados apontam ainda um crescimento de dois dígitos no volume de produtos vendidos, atingindo quase 100 mil toneladas, além de uma taxa de crescimento de dois dígitos em cada um dos canais e das categorias de snacks da companhia. Nesse mesmo período, houve um crescimento de 17% do lucro líquido para R$ 71,4 milhões, expansão do retorno sobre o capital investido (ROIC) de 17,6% para 19,0% e redução da alavancagem (dívida líquida/EBITDA) de 2x para 1,5x.


“Nos últimos dois anos, investimos R$ 150 milhões, sendo maior parte desse valor direcionado ao aumento da capacidade de produção, especialmente de snacks de proteína vegetal saudável, snacks de chocolates drageados premium e snacks com base de pectina, gelatina, low sugar, entre outros. E nosso objetivo é continuar inovando e expandindo nossa presença para, desta forma, ampliar ainda mais a nossa representatividade no mercado brasileiro de snacks, cujo tamanho é estimado em mais de R$ 70 bi”, diz Ronald Domingues, Diretor Administrativo Financeiro e de RI.


Com a expectativa de colher boa parte dos investimentos já em 2022, a Dori conta atualmente com uma plataforma de snacks composta por mais de 320 SKUs (código identificador), comercializados em canais voltados ao varejo e ao atacarejo, que atingem mais de 154 mil pontos de venda no Brasil. Aqui o destaque é para a crescente participação do canal varejo, que passou de 46,3% para 58,9% da receita entre 2016 e 2021. Já no mercado externo, a empresa está presente em mais de 50 países e hoje as exportações já representam 12% de sua receita.


“Acreditamos ser possível gerar retornos sustentáveis aos nossos acionistas por meio de escala, inovação e gestão eficiente. E estamos começando 2022 confiantes e mais preparados para atender de melhor maneira o mercado, oferecendo produtos inovadores que proporcionem prazer, alegria e satisfação para todas as famílias, e gerando mais valor para nossos acionistas, colaboradores, parceiros e sociedade”, finaliza Domingues.

 

Fonte: https://foodinnovation.com.br/dori-alimentos-registra-recorde-de-resultados-em-2021/