top of page

Saiba tudo sobre o pagamento de adicional de insalubridade

FecomercioSP recomenda a elaboração de laudo pericial para determinar a incidência ou não do benefício


Fonte: Banco de imagens Wix

em direito ao adicional de insalubridade o empregado que exerce atividade em ambiente nocivo à saúde, conforme o previsto na Norma Regulamentadora 15 (NR-15). Entretanto, para determinar o grau de insalubridade ao qual o empregado está exposto, é necessário identificar os agentes nocivos do ambiente, de acordo com o tipo de risco e o nível de tolerância.


Assim, o grau de insalubridade pode ser classificado como “mínimo”, “médio” ou “máximo”, determinando o porcentual de acréscimo no salário:


• grau de insalubridade mínimo: adicional de 10% do salário;

• grau de insalubridade médio: adicional de 20% do salário;

• grau de insalubridade máximo: adicional de 40% do salário.


Antes de começar a pagar o adicional, a FecomercioSP recomenda a elaboração de um laudo pericial.


Tem direito ao adicional de insalubridade o empregado que exerce atividade em ambiente nocivo à saúde, conforme o previsto na Norma Regulamentadora 15 (NR-15). Entretanto, para determinar o grau de insalubridade ao qual o empregado está exposto, é necessário identificar os agentes nocivos do ambiente, de acordo com o tipo de risco e o nível de tolerância.

Assim, o grau de insalubridade pode ser classificado como “mínimo”, “médio” ou “máximo”, determinando o porcentual de acréscimo no salário:

• grau de insalubridade mínimo: adicional de 10% do salário; • grau de insalubridade médio: adicional de 20% do salário; • grau de insalubridade máximo: adicional de 40% do salário.

Desta forma, antes de começar a pagar o adicional, a Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de São Paulo (FecomercioSP) recomenda a elaboração de um laudo pericial para determinar a incidência ou não da insalubridade. O documento é fundamental para provar se a atividade está ou não elencada na relação oficial prevista na NR-15.

A fim de explorar o tema, a Entidade respondeu às principais dúvidas sobre o adicional de insalubridade, como:

- o que é laudo de insalubridade? - o laudo pericial é suficiente para garantir o adicional de insalubridade? - qual é a consequência, sobre o salário do empregado, do exercício de trabalho em condições de insalubridade acima dos limites de tolerância estabelecidos pelo MTE? - o adicional de insalubridade é um direito adquirido? - existem diferenças entre atividades insalubres e perigosas?


baixe_aqui_as_perguntas_e_repostas_sobre_insalubridade
.pdf
Download PDF • 263KB
 

Fonte: FecomercioSP

Posts recentes

Ver tudo

Série: Falando sobre LGPD ATUAÇÃO DA ANPD

A Autoridade Nacional de Proteção de Dados - ANPD foi instituida pela Medida Provisória n. 869, de 27 de dezembro de 2018, posteriormente convertida na Lei n. 13.853, de 14 de agosto de 2019. É um órg

bottom of page