top of page

Produção e emprego na indústria apresentam novas altas em julho, aponta CNI

O índice de produção industrial foi de 51,8 pontos em julho de 2022, ante 50,1 pontos do mês anterior, conforme a Sondagem Industrial, da Confederação Nacional da Indústria (CNI).


Fonte: Banco de imagens Canva

Nessa pesquisa, o indicador varia de 0 a 100 pontos, com uma linha de corte de 50 pontos, valores acima indicam crescimento e abaixo, queda. Foram consideradas 1.857 empresas, sendo 734 pequeno porte, 667 médio porte e 456 de grande porte.


O emprego industrial também cresceu em julho na comparação com junho. O índice de evolução do número de empregados alcançou 51,2 pontos, acima da linha divisória de 50 pontos que separa queda de alta do emprego. O índice mostra alta do emprego industrial pelo terceiro mês consecutivo.


Segundo a CNI, como apresentou aumento de 0,4 ponto frente a junho, o índice mostra também que o ritmo de crescimento do emprego em julho foi maior que o do mês anterior.


Além disso, a Utilização da Capacidade Instalada (UCI) na indústria aumentou 1 ponto percentual entre junho e julho de 2022, para 71%. É o maior valor para 2022 até o momento. Destaca-se que o resultado supera o percentual médio dos meses de julho desde o início da série histórica, em 2011, que é de 69%.


O índice de expectativa de demanda para agosto de 2022 alcançou 59,7 pontos, praticamente estável em comparação com julho. A CNI destaca que as expectativas seguem especialmente otimistas, pois o índice de agosto de 2022 é o maior desde setembro de 2021.


O índice de expectativa de compras de matérias-primas manteve-se praticamente inalterado em agosto frente a julho, registrando 57,3 pontos, recuo de 0,1 ponto.

 

Comments


bottom of page