top of page

Vendas no Halloween sofrem queda de 1,6%, mas expectativa para o natal se mantém positiva

Atualizado: 22 de nov. de 2023

Empresários do segmento das lojas especializadas em festas, candies e confeitaria apontam que a situação atual não está boa. Otimismo em relação ao futuro permanece, mas perdeu um pouco de força em outubro.


Fonte: Banco de imagens Canva

Pesquisa

Pesquisa realizada por consultoria independente (MB Consultoria) entre os dias 01 e 16 de novembro de 2023 com 36 lojas especializadas em festas, candies, confeitaria e correlatos. Todas elas associadas da ASBRAFE.


ICFestas: Novembro de 2023

O índice de confiança do setor das lojas especializadas em festas, candies e confeitaria (ICFestas) encerrou o mês de outubro em 48,1 pontos, ligeiramente abaixo do resultado de setembro (49,7), lembrando que valores abaixo de 50 pontos podem ser considerados como “pessimismo”. A queda verificada em setembro está diretamente relacionada a uma piora no índice de Expectativas, haja vista que ele caiu 4,8 pontos em relação ao mês anterior. O índice de situação atual permanece baixo em 42,7 pontos, mas com uma ligeira melhora em relação a setembro.


Fonte: 2ª Edição ICFestas

Avaliando-se o ICFestas apenas para a dimensão das empresas, percebe-se que houve uma melhora na percepção da situação atual em relação ao mês passado, pois o indicador passou de 44,7 para 46,2, no entanto esses valores ainda estão abaixo de 50 pontos, portanto denotam pessimismo. No entanto, a expectativa para as empresas em relação às condições futuras permanece no campo do otimismo, mas com queda em outubro, passando de 62,2 em setembro para 55,3.


Já para a Economia Brasileira, a avaliação dos empresários continua bastante baixa, pois o indicador encerrou outubro com apenas 35,6 para a situação atual e 50 em relação às expectativas para o futuro.


As empresas estão pessimistas em relação a situação atual delas próprias, mas levemente otimistas em relação ao futuro. O mesmo não acontece em relação a Economia Brasileira.


Fonte: 2ª Edição ICFestas

Resumindo-se, podemos concluir que os empresários do setor não estão otimistas com a situação atual, especialmente em relação a economia brasileira. Em relação aos próximos períodos, há um certo otimismo, mas muito mais relacionado com a situação das próprias empresas do segmento do que com a evolução da Economia Brasileira. Esse otimismo apresentou ligeira queda em outubro.


Os empresários do segmento das lojas especializadas em festas, candies, confeitaria e outros segmentos estavam relativamente otimistas em relação às vendas de outubro, em grande parte por conta das comemorações do Halloween. A pesquisa realizada no mês passado apontou que havia uma projeção de crescimento do faturamento de cerca de 9% em itens relacionados à sazonalidade mencionada.


No entanto, o resultado apurado mostrou que houve uma queda de 1,6% em relação ao Halloween do ano passado, considerando-se a inflação do período, a queda real das vendas está acima de 6%. Deve-se considerar que essa queda ainda possa estar subestimada, pois diversas empresas consideraram o volume de vendas totais da empresa na pesquisa e não apenas os itens diretamente relacionados ao Halloween.


Os dados de faturamento de outubro, de certa forma, sinalizam que o mês não foi tão ruim pois essas mesmas empresas apontaram aumento nas vendas em relação a outubro do ano passado em 1,2%. A expectativa de aumento do faturamento para o ano inteiro de 2023 permanece positiva em 6,6%.


Apesar do resultado negativo do Halloween, as expectativas para as vendas de Natal estão bastante otimistas, pois espera-se aumento de 8,2% no faturamento em relação ao mesmo período do ano passado.


Fonte: 2ª Edição ICFestas
 

Fonte: ICFestas - 2ª Edição

Comentários


bottom of page