top of page

Varejo e serviços são os setores que mais investem em tecnologia

Em seguida aparecem os setores financeiro, a indústria e o de logística


Fonte: Banco de imagens Canva

Os setores de varejo e serviços são os que mais investem em tecnologia com foco no crescimento do negócio, mostra pesquisa feita pela Cortex. Em seguida aparecem os setores financeiro, a indústria e o de logística.


No setor de varejo, o comércio de vestuário e acessórios, produtos alimentícios e produtos farmacêuticos são os que mais se destacam. A diretora de Ofertas da Cortex, Patricia Romancini, explica que o varejo é um dos setores que mais dependem da tecnologia para sobreviver.


“Para acompanhar as mudanças do mercado é preciso investir em meios de pagamento mais modernos, ferramentas para gestão de estoque, logística, atendimento ao cliente omnichannel e em melhores experiências de compra. A pandemia fez com que a adoção de tecnologias nesse setor fosse acelerada e, por isso, muitas marcas tiveram que se adequar rapidamente às necessidades dos seus stakeholders”, analisa.


Ela acrescenta que empresas que investem em tecnologia costumam apresentar um desempenho superior às demais. Ainda assim, destaca, não adianta implementar tecnologias na empresa e continuar com o pensamento analógico.


“As soluções digitais estão disponíveis para serem usadas com inteligência, a fim de, estrategicamente, mitigar riscos, diminuir custos, aumentar a produtividade, entre outros. Hoje, as empresas precisam apresentar respostas rápidas e eficazes para as constantes mudanças de um mercado cada vez mais dinâmico.”


1,1 milhão de empresas

O estudo analisou 1,1 milhões de empresas brasileiras, entre matrizes e filiais. Dessas, 24,9% foram identificadas com alto nível de tecnologia, 65% com médio e 25% com baixo nível de tecnologia.


Ao todo, foram monitoradas 9.585 ferramentas tecnológicas. Entre as categorias analisadas, estão Cloud Providers, Business Email Hosting, CRM, Marketing Automation, AI Services, Blog, E-commerce, Security entre outros.


Nas empresas avaliadas com alto índice tecnológico, as que têm faturamento superior a R$ 500 milhões lideram. Empresas com faturamento de R$ 81 mil a R$ 360 mil aparecem em segundo lugar; as empresas que faturam de R$ 0 a R$ 81 mil estão em terceiro.


O estudo mapeou as principais soluções de tecnologias utilizadas pelas empresas no Brasil. Para e-commerce, aparecem Shopify, Loja Integrada e Wix. Para comunicação, as mais usadas são Microsoft Teams, Slack e Zoom.


Quando o assunto é produtividade e colaboração, o top 3 fica com GSuite, Office 365 e Zoho. Para provedor Cloud, aparecem Amazon AWS, Locaweb e Google Cloud. Para segurança, o ranking tem, no topo, Symantec, Mcafee e TrendMicro.

 


bottom of page