top of page

Setor de Serviços é o mais otimista quanto à geração de vagas de trabalho para festas de fim de ano

As pequenas empresas do setor de Serviços são as mais otimistas e as que mais apostam no aumento do número de empregados nos próximos três meses, período que engloba as festas de fim de ano e férias escolares. Segundo pesquisa feita em outubro pelo Sebrae e pela Fundação Getulio Vargas, 19,8% dos donos de micro e pequenos empreendimentos acreditam que farão novas contratações no período. O percentual é 2,2 pontos percentuais maior que o registrado em um levantamento anterior, de setembro. Ainda de acordo com o estudo, 74,8% dos empresários desse setor devem manter o tamanho das equipes e 5,4% acreditam que pode haver uma redução do quadro de funcionários.


Fonte: Banco de imagens Canva

O segundo segmento com melhores perspectivas de geração de novas vagas de trabalho é o da Indústria, onde 18,3% dos empreendedores apostam em contratações. O número é 1,7 ponto percentual superior ao registrado em setembro. Nessa área, 69,3% dos empresários acreditam que devem sustentar a dimensão das equipes e 12,4% têm expectativa de demissões nos próximos três meses.


No Comércio, a pesquisa do Sebrae e da FGV identificou que 15,3% dos donos de micro e pequenas empresas acreditam no aumento de vagas para novos empregados. Já 79,9% preveem uma situação de estabilidade e a minoria (4,8%) aponta uma possível demissão de funcionários.


Para o presidente do Sebrae, Carlos Melles, o cenário previsto pela pesquisa é positivo. “Apesar de todas as dificuldades que as micro e pequenas empresas enfrentaram nos últimos anos e a despeito das perspectivas ainda incertas para 2023, a maioria dos donos de pequenos negócios aposta na manutenção ou até no aumento do quadro de funcionários”, comenta.

 
bottom of page