top of page

Sensor: atividade industrial paulista sinaliza contratação pelo 11º mês consecutivo

Quatro dos cinco componentes indicam queda no primeiro mês de 2024


Fonte: Banco de imagens Canva

Aos 47,6 pontos o Sensor de janeiro registra mais uma vez perspectiva de redução da atividade industrial paulista. Se comparado a dez/23 (48,9 pontos) a variação de 1,3 ponto, intensifica a queda da leitura anterior. O indicador segue abaixo dos 50,0 pontos desde fev/23 (50,2 pontos), isso representa o 11º mês consecutivo de contração, por permanecer abaixo da linha divisória.


O componente de mercado (que representa a percepção sobre o setor de atuação) encerra em 46,8 pontos. Resultado 0,8 ponto maior que o último mês, mas ainda abaixo dos 50,0 pontos, permanecendo o pessimismo dos empresários industriais quanto ao setor que suas empresas estão inseridas.


Os estoques registram 44,6 pontos no mês. Abaixo dos 50,0 pontos, permanece a perspectiva de estoques acima do planejado no início de 2024.


Os empregos marcam 49,1 pontos em janeiro. A leve redução de 0,2 ponto frente ao último mês (49,3 pontos) mantém o indicador abaixo dos 50,0 pontos com perspectiva de queda no número de empregados.


As vendas em janeiro (47,5 pontos) caíram 1,6 ponto em relação a dezembro (49,1 pontos). O componente mantém a sinalização de contração na atual leitura, por estar abaixo dos 50,0 pontos.


Por fim, os investimentos registram 52,3 pontos. Em dezembro o indicador registrou 56,1 pontos, o que representa uma queda de 3,8 pontos. Por permanecer acima dos 50,0 pontos há a perspectiva de aumento dos investimentos no mês.


Todos os dados acima contemplam o tratamento sazonal.


Metodologia

O Sensor é uma pesquisa qualitativa de conjuntura econômica realizada desde 2006. Ela tem como objetivo captar informações do andamento da atividade da indústria de transformação durante o mês corrente da coleta de dados, eliminando as defasagens de tempo das tradicionais pesquisas de conjuntura. Hoje, participam da pesquisa cerca de 30 das principais indústrias de São Paulo.



 

bottom of page