top of page

Páscoa deve gerar 40 mil empregos temporários

Somente em março serão 13 mil


Fonte: CNN Brasil

O período de Páscoa deve ser responsável pela geração de mais de 40 mil vagas de empregos temporários em todo o Brasil entre os meses de janeiro e março. É o que mostram as estimativas da Associação Brasileira do Trabalho Temporário (Asserttem). Essas vagas são resultado do aumento da demanda dos produtos sazonais que faz com que os setores da indústria, serviço e comércio se apoiem nesta modalidade de trabalho.


O presidente da associação, Marcos de Abreu, conta que as contratações para atender às demandas da Páscoa tiveram início em janeiro e seguem até o restante do primeiro trimestre. Durante esse período mais de 41,5 mil novas vagas devem surgir em todos os setores da economia; dentre elas, 13 mil deverão ser abertas ainda em março deste ano.


Já o diretor regional da Asserttem em Minas Gerais, Glaucus Botinha, afirma que as expectativas são positivas tanto no Estado quanto no País. Para ele, as contratações de trabalhadores temporários devem se manter em 2023 no mesmo viés positivo apresentado no ano passado.


Botinha ainda destaca que períodos sazonais, como é o caso da Páscoa, tendem a combinar com este tipo de contratação. Assim como ele, Abreu também enfatizou o fato de todo período sazonal se apresentar “como um bom momento para o mercado de trabalho temporário e, consequentemente, para uma possível efetivação”.


Na visão do diretor regional da associação, existem ainda outros motivos, além da sazonalidade, que podem acabar impulsionando a geração de vagas de empregos temporários durante a Páscoa deste ano.


Uma delas é o início de um novo governo. Para Botinha, períodos de mudanças de governos, como agora, costumam gerar um clima de otimismo com o novo ciclo econômico. Ele acredita que o atual governo deve dar início a um novo ciclo de consumo das famílias baseado em uma maior facilidade no acesso ao crédito.


Outro fator que pode contribuir neste momento é o arrefecimento da pandemia e a retomada econômica que teve início em 2022. O diretor da Asserttem em Minas declara que 2023 será o primeiro ano com 100% da atividade econômica retomada, sem paralisações ou reduções causadas pela pandemia.


Já entre os setores da economia, Botinha destacou o papel da Indústria na geração de empregos temporários neste período do ano, já que ela é responsável por até 65% dessas novas vagas, que incluem contratações em segmentos como o de produção de chocolate, embalagens, logística, dentre outros. Ele também apontou para a atuação do Comércio, como as lojas de departamentos, mas reforçou que esse setor divide com o de Serviços uma parte inferior das contratações temporárias e que o principal gerador é o setor industrial.


Ingresso ao mercado de trabalho

Abreu revela que as vagas temporárias exercem outro papel muito importante, além de contribuir com a economia do Brasil e com a queda do desemprego. Elas podem servir como oportunidades para ampliar a experiência profissional e ingressar mais pessoas no mercado de trabalho.


Ele sugere que assim que alguém perde seu emprego, essa pessoa deve passar a ficar mais atenta quanto ao surgimento de oportunidades nesse modelo de trabalho. “A grande dica para o trabalhador é procurar uma agência de trabalho temporário. No site da Asserttem ele consegue ter acesso à lista de agências associadas e registradas no Ministério da Economia, divididas por estado”, conclui.

 

留言


bottom of page