top of page

Páscoa 2023 tem recorde de lançamentos da indústria de chocolates

Páscoa 2023 tem recorde de lançamentos da indústria de chocolates


Fonte: Banco de imagens Canva

As empresas associadas à Associação Brasileira da Indústria de Chocolates, Amendoim e Balas (Abicab) estão colocando nas gôndolas dos pontos de vendas e no e-commerce 163 lançamentos para a Páscoa deste ano, que será celebrada no dia 9 de abril. Os produtos são resultados de novas parcerias, ingredientes, formatos, sabores e combinações de produtos.


“A Páscoa é uma data muito especial para os brasileiros e fundamental para o setor, e nesse período há grande intenção de compra dos produtos de chocolates. Por este motivo, as empresas inovam sempre na ampliação dos seus portfólios. Com uso de tecnologia e matéria-prima de qualidade, a indústria de chocolate está cada vez mais consolidada, sinalizando todo o seu potencial”, afirma o presidente da Abicab, Ubiracy Fonsêca.


Segundo ele, as indústrias se preparam com antecedência de cerca de um ano e meio para garantir que os consumidores tenham acesso aos produtos e mantenham as tradições da data. Vão oferecer, além de ovos de Páscoa, outros produtos de chocolate com diferentes intensidades, como ao leite, diferentes percentuais de cacau, branco e mesclado. Também apostam em embalagens diferenciadas para presentes.


Em relação a 2022, esse longo trabalho das indústrias registrou mais de 10 mil toneladas de ovos e produtos de Páscoa, o que demonstra um crescimento de 13% na produção quando comparado com 2021.


Vagas de emprego geradas

Segundo mapeamento realizado pela consultoria KPMG encomendado pela Abicab, a Páscoa de 2023 gerou 7,9 mil vagas de trabalho temporário. A pesquisa representa os dados dos associados e ressalta que esses empregos diretos e indiretos – que correspondem aos novos trabalhadores contratados para atuar nas fábricas e pontos de venda, respectivamente – começam a movimentar a indústria com antecedência para atender à demanda do período da Páscoa de 2023.


Ubiracy Fonsêca destaca que a Páscoa é a principal data para o setor de chocolates e um bom momento para o mercado de trabalho como um todo. “Além de contribuir com a economia de forma geral, ao abrir as vagas temporárias, o segmento dá a chance para muitos terem sua primeira experiência profissional e oportunidade de efetivação, abrindo a porta para o mercado de trabalho.”

 
bottom of page