top of page

Natal: confira a carga tributária embutida nos principais produtos e alimentos consumidos no período

Entenda o quanto é pago somente em impostos dos principais produtos e alimentos consumidos no Natal.


Fonte: Banco de imagens Wix

O final de ano está se aproximando e com isso as buscas pelos presentes de Natal e comidas festivas para compor a mesa da ocasião ficam em alta. Apesar da melhora na procura pelos itens, a inflação não deu trégua em 2022 e os consumidores podem se assustar com a diferença dos preços para o ano passado.

Além disso, os tributos cobrados nestes produtos também não devem dar folga ao bolso dos brasileiros, já que alguns dos itens mais buscados para presentear neste ano tem a carga tributária muito elevada.

Os eletrônicos e os eletrodomésticos são os produtos que mais carregam tributos embutidos no preço final, conforme a tabela do Instituto Brasileiro de Planejamento e Tributação (IBPT).

O aparelho de videogame é o item mais tributado, com carga de 72,18%, seguido do smartphone, que tem 68,76% de seu valor destinado à arrecadação pública. Já o prato principal da ceia de natal, o peru/chester/pernil tem 29,32% de tributos no seu preço final.

Não é novidade afirmar que a carga tributária brasileira é elevada, e que o sistema de tributação é complexo, próximo a 33% do Produto Interno Bruto (PIB) nos últimos anos, cenário que, considerada a recessão, comprova o elevado fardo sobre pessoas e empresas.

“A carga tributária elevada é necessária, em função dos gastos elevados do governo, porém gera consequências negativas na atividade econômica. A carga tributária é tão pesada, que impacta não apenas as pessoas físicas, mas também as jurídicas. Do ponto de vista da tributação, o Brasil possui a maior carga tributária do planeta, para nossa faixa de renda per capita”, explica o professor doutor em Administração e Coordenador do curso de Administração do Instituto Mauá de Tecnologia (IMT), Ricardo Balistiero.

Confira a seguir a tributação de alguns itens comuns do Natal, de acordo com o Impostômetro.

Presentes de natal:

  • Bijuterias: 43,36%

  • Bolsa (geral): 39,95%

  • Bolsa de couro: 41,52%

  • Óculos de sol: 44,18%

  • Relógio: 56,14%

  • Cafeteira: 42,57%

  • Cosméticos: 55,27%

  • Perfume (produtos importados): 78,99%

  • Perfume (produtos nacionais): 69,13%

Alimentos da ceia:

  • Carne: 29,00%

  • Cebola: 15,83%

  • Farinha de trigo: 17,34%

  • Feijão: 17,24%

  • Frango: 26,80%

  • Frutas: 11,78%

  • Leite: 18,65%

  • Ovos de galinha: 20,59%

  • Peixes: 34,48%

  • Tomate: 16,84%

  • Pão francês: 16,86%

  • Cerveja (lata): 42,69%

  • Cerveja (garrafa): 42,69%

  • Champagne: 59,49%

 
bottom of page