top of page

Indústria de brinquedos prevê faturamento de R$ 9,8 bilhões em 2024

Projeção feita por Synésio Costa, presidente da ABRINQ, indica um crescimento de 4%, com uma média de 1.300 lançamentos por ano


Fonte: Banco de imagens Wix

Quando se fala em crescimento, a indústria de brinquedos não está para brincadeira. O segmento, que possui uma média de 1.300 lançamentos por ano, vem apresentando grandes números nos últimos anos: em 2020, com um aumento de 3,5%, o faturamento atingiu R$ 7,5 bilhões; em 2021, foi 14% a mais (R$ 8,6 bilhões); em 2022, 6% (R$ 9,1 bilhões); e no ano passado, 3,81% (R$ 9,465 bilhões).


A previsão é que em 2024 o faturamento do setor ultrapasse os 4%, atingindo cerca de R$ 9,8 bilhões, com base na projeção do presidente da Associação Brasileira dos Fabricantes do Brinquedo (ABRINQ), Synésio Costa. Os brinquedos possuem uma variação de R$ 3,94 em seus preços ao longo do ano.


“As variáveis conspiram a nosso favor no Brasil. Se em 2010 vendíamos cinco brinquedos per capita no Brasil, ano passado subimos para 11 brinquedos”, explica.


A estatística anual da ABRINQ aponta que o número de empregos no setor passou de 37.650 em 2022 para 40.131 no ano passado, concentrando 61% das vendas nos últimos cinco meses do ano.


Os dados da entidade mostram que os brinquedos classificados como relações sociais ocuparam a primeira posição, com 17% das vendas, seguidos pelo desenvolvimento afetivo (15%), criatividade (13%), empatado com o técnico (13%), e primeira idade (11%).


Quanto aos itens preferidos pelos consumidores, o ranking é o seguinte:

  1. Veículos (carrinhos, motos, pistas), com 16,9%;

  2. Esportivos (patins, patinete, triciclo), com 15%;

  3. Jogos e bonecas, ambos com 13,1%;

  4. Reprodução do mundo real, com 11,1%.

As vendas por estado mostram São Paulo com 37,6% do mercado, seguido por Santa Catarina (7,8%), Minas Gerais (7,1%), Paraná (6,6%) e Rio de Janeiro (5,9%).


Abrin

No período de 3 a 6 de março, o Expo Center Norte, na capital paulista, será palco da Abrin, feira que celebra sua 40ª edição. Com a participação de mais de 150 expositores e o lançamento de 1.500 produtos, a feira inaugura a temporada de negócios no setor em 2024.


A expectativa é que o evento atraia cerca de 18 mil visitantes de 21 países, consolidando-se como uma referência internacional no segmento. A Abrin, organizada pela ABRINQ, destaca-se como uma plataforma de interação entre profissionais, oportunizando a troca de conhecimento e a apresentação de inovações na indústria de brinquedos.

 

Commentaires


bottom of page