top of page

Black Friday: antes da data, PMEs faturam R$ 301 milhões no e-commerce, indica Nuvemshop

Às vésperas da Black Friday, os pequenos e médios empreendedores (PMEs) do e-commerce brasileiro contabilizaram R$ 301 milhões de faturamento em outubro. Os dados são da Nuvemshop.


Fonte: Banco de imagens Wix

O resultado, de acordo com o estudo, representa aumento de 26% ante mesmo mês em 2022 — R$ 238 milhões. Ao todo, a classe vendeu cinco milhões de produtos no chamado pré-Black Friday, com ticket médio de R$ 246.


Entre os meios de pagamento mais utilizados pelos usuários em compras online, ficam cartão de crédito (48,5%) e Pix (40%) neste recorte.


Já na lista de segmentos em destaque, Moda liderou as vendas com faturamento de R$ 109 milhões. Dividindo os holofotes, Saúde & Beleza (mais de R$ 25 milhões) e Acessórios (R$ 19,5 milhões) também atuaram bem em outubro.


Diferencial dos PMEs

Para Luiz Figueira, diretor geral de Plataforma na Nuvemshop, o bom resultado geral das PMEs online se deve à boa estratégia traçada para o e-commerce. O principal ponto, segundo ele, foi a antecipação frente as grandes varejistas.


“Os resultados das vendas de outubro mostram a relevância de maior preparação sobre as campanhas promocionais a fim de garantir o bom faturamento na data. Muitos lojistas adiantaram suas promoções e, inclusive, 22% destacam que programaram promoções para o mês todo de novembro, não apenas na semana ou no dia, segundo a pesquisa ‘Aquecimento Black Friday 2023’, da Nuvemshop”, explica.


Na análise foram consideradas as vendas realizadas no mês de outubro de 2022 e 2023 da base de lojistas brasileiros da Nuvemshop.

 

Comentários


bottom of page