top of page

Auxílio Brasil leva mercado a manter projeção de crescimento do varejo este ano

Manutenção das estimativas se deve à expectativa de um aumento de renda a partir de agosto e às previsões de desaceleração da inflação


Fonte: Banco de imagens Canva

Dias após a publicação dos dados do varejo de junho, na quarta-feira passada, consultorias e economistas passaram a analisar a possibilidade de revisar as projeções do desempenho do setor para o ano. Na ocasião, as principais varejistas abertas ainda não tinham divulgado os balanços do segundo trimestre, documentos importantes para buscar possíveis sinais de deterioração das expectativas.


O mercado então decidiu manter, ao menos por enquanto, as atuais estimativas. Isso se deve à expectativa de um aumento de renda disponível depois de agosto, com a distribuição de benefícios assistenciais do governo, e às previsões de uma gradual desaceleração da inflação, como consequência da política de elevação da taxa Selic.

 

Comentários


bottom of page